NINTENDONOTICIASOriginaisSWITCHTop Ultimaficha

Dicas para as primeiras horas de Zelda: Tears of the Kingdom

E lá vamos nós novamente

Após cinco longos anos, The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom finalmente chegou às lojas! A continuação massiva adiciona ainda mais nuances e possibilidades ao enorme mundo sandbox de Breath of the Wild, reformulando mecânicas e cenários já conhecidos. E assim como em 2017, o Última Ficha traz dicas que devem lhe auxiliar em sua aventura e exploração pelo vasto mundo de Tears of the Kingdom.

Pegue o Paraglider

Assim que finalizar o tutorial, siga com as missões principais para encontrar Purah e, após algumas apresentações, garantir seu Paraglider. Com ele e após ativar as Sheikah Towers, você pode dar uma explorada no cenário, liberar alguns shrines e se perder na enorme Hyrule que, apesar de ser a mesma do jogo anterior, conta com imensas mudanças que tornam tudo ainda mais refrescante. E claro, se preferir, siga com a história para acompanhar o que mudou para cada uma das raças do planeta.

dicas tears of the kingdom

Ascend e Ultrahand serão seus melhores amigos

Os poderes presentes no primeiro jogo foram totalmente reformulados em quatro principais habilidades: Ascend, Ultrahand, Fuse e Recall. Mas durante sua aventura, você notará que as habilidades mais úteis para exploração são Ascend e Fuse. Como já havia sido revelado pelos desenvolvedores anteriormente Ascend foi um poder criado para facilitar a mobilidade vertical e realmente é muito útil nas cavernas, shrines e até em dungeons. Você pode pular andares inteiros de dungeons se souber utilizar muito bem esta habilidade

Já Fuse é a habilidade que mais agrega possibilidades diferentes e expande muito os limites de jogabilidade do Tears of the Kingdom. Este poder permite que os jogadores unam objetos, manipulem os mesmos no cenário e possibilita a criação das mais complexas engenhocas para resolver os desafios e explorar o mapa. Combinando esta ferramenta aos objetos Zonai, e você poderá dar luz a qualquer megazord que sua mente conseguir imaginar.

E Fuse deve ajudar e muito com o problema das armas quebradas

Enquanto no jogo anterior tínhamos muito dó de gastar armas fortes por conta das mesmas quebrarem após algumas batalhas, temos uma ótima notícia. Não, a Nintendo não removeu esta mecânica, mas introduziram a habilidade de Fuse. Agora todas as armas podem ser fundidas a outros objetos, desde caixas, espetos e frutas, e até outras armas!

Isso sem contar os efeitos adicionais que diversas das armas espalhadas por Hyrule podem oferecer. Desde cargas mais rápidas, a elevação do dano ao estar com pouca vida e até buffs de duplicar o dano do objeto que fundir à arma, estes elementos devem auxiliar os jogadores a coletar uma grande quantidade de equipamentos a fim de enfrentar os mais desafiadores inimigos.

Prepare-se para ver muitas telas de Game Over

Temos que lembrar que a jogabilidade apresentada em Breath of the Wild já exigia bastante maestria para sobreviver aos diferentes inimigos no cenário. E Tears of the Kingdom adiciona mecânicas como a corrupção, que desabilita um dos corações do jogador temporariamente, sem contar os novos inimigos e ameaças naturais que irão cruzar seu caminho. Recomendo cuidar com tudo que cruzar seu caminho, pois novos inimigos incluem um tipo de mímico que deverá surpreender os jogadores nas florestas.

dicas tears of the kingdom

Mas não desista de se desafiar e explorar por medo de ficar sem vida

O game é repleto de novidades e muitas delas são ameaçadoras, como buracos no chão de Hyrule cercados pela corrupção do Ganondorf. Pode ter certeza que vale e muito à pena explorar os cantos mais assustadores de Hyrule, e coletar tudo que ver pela frente pois grande parte dos itens serão úteis em algum momento da jornada.

A mesma lógica vale para as ilhas do céu, acampamentos de monstros e qualquer coisa que chamar sua atenção. O mundo é seu parque de diversões, então aproveite toda a oportunidade para se divertir descobrindo coisas novas. Com os múltiplos pontos de teleporte, visto que cada shrine é um, é muito fácil retornar ao seu caminho original.

E se divirta no seu próprio tempo

Além de todas nossas dicas, existem zilhões de coisas para experienciar em Tears of the Kingdom. Centenas de missões secundárias, equipamentos, inimigos raros, colecionáveis e shrines estão ao seu alcance logo que chegar ao solo, e não há regras para realizar sua exploração.

dicas tears of the kingdom

Como em Breath of the Wild, o jogo dá liberdade total aos jogadores de realizarem sua própria aventura de maneira totalmente livre, com uma progressão divertidíssima para qualquer tipo de jogador. Com maiores elementos de história, de mundo e principalmente de possibilidades, Tears of the Kingdom é um enorme parque de diversões com entretenimento para todos! E fiquem ligados, que nosso review sairá em alguns dias aqui no site!

Nicolas Togashi

Graduado em desenvolvimento de jogos e aficionado por essa mídia, perde mais tempo jogando do que efetivamente utilizando a graduação para alguma coisa. Ama RPGs, e se esforça para ser um bom aliado nos jogos online.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo