ANÁLISESNINTENDONOTICIASPLAYSTATIONPS4REVIEWSSWITCH

Análise: Sayonara Wild Hearts é uma experiência musical

Musica pop com eletrônica anima muito esse rápido jogo

Vou ser muito sincero e tenho que confessar que até o dia de lançamento de Sayonara Wild Hearts, eu nunca tinha ouvido falar sobre ele. Mas como gosto de jogos indies e jogos diferentes eu me interessei muito pela proposta.

E como nossa sorte está em alta, no dia seguinte em que descobri o jogo, a Nintendo nos brindou com um código para review. Imediatamente cai dentro deste jogo e após uma hora e meia de jogatina já tinha terminado ele. Mas Que tipo de jogo é esse? Vale comprar algo tão curto? Meu amigo e amiga, caso goste de música eletrônica misturado com pop e de visuais muito loucos, esse é o seu jogo!

Colete todos os itens em sua moto

Vou deixar de lenga lenga e entrar logo no review. Antes de mais nada é importante frisar que esse jogo é mais uma experiência do que um jogo com mecânicas complexas. A história não poderia ser mais simples. Você é uma mulher comum que um dia brigou com seu namorado e seu relacionamento acabou. Com a dor da separação você entra em um mundo “mucho loco” e enfrenta diversas pessoas. Meu entendimento é que essas pessoas e as fases tem haver com as influências e fases da vida. Mas você pode dar seu palpite.

O bom é que a história não importa e o jogo brilha com força em seus dois ponto principais: A música e seu estilo. Pode-se dizer que Sayonara Wild Hearts é um jogo de ritmo e tem comandos muitos simples. Um botão de ação para apertar quando solicitado e a possibilidade de mexer o analógico e controlar sua personagem. Ao longo de cada fase e coletar os corações que lhe darão pontos. Quanto maior sua pontuação, maior seu ranking.

Uma luta cheia de coreografia

Falando dos grandes destaques do jogo

Durante sua aventura você irá ter músicas muito animadas e bem feitas. Em diversos momentos me questionei se essa foi a forma de lançarem um disco de música camuflado de jogo. As músicas e os ritmos são extremamente agradáveis e para masterizar o jogo é sim necessário prestar atenção no ritmo que diversas vezes lhe dará dicas para mover a personagem pela tela. Ou então pegar aquele item que dá maior número de pontos, mas que está escondido.

O segundo grande destaque vai para a originalidade do jogo nas fases e chefões. É simplesmente um prazer visual. Verdade seja dita, é um tanto difícil botar em palavras, mas o jogo te entrega a cada fase novidades. Normalmente você estará pilotando uma moto, mas diversas vezes vai soltá-la e começar a planar. Ou então irá mudar da câmera de terceira pessoa, para primeira pessoa. Isso sem contar os inúmeros puzzles que verá ao longo do jogo. Inimigos que trocam dimensões da fase, lutas mano a mano, pontos específicos para atingir e seguir com o jogo e muito mais. Tudo isso feito de forma muito original e muito bonita. Impressionante como Sayonara Wild Hearts me surpreendeu a cada novo minuto de jogo e a cada nova fase.

Temos até fase dentro de Headset VR!

Para facilitar o seu entendimento, é possível conferir nosso vídeo abaixo que é uma mescla de análise e gameplay do jogo. E como falei acima, é difícil colocar em palavras a emoção passada por música e por tantas surpresas.

Se gostou, pode comprar Sayonara Wild Hearts na loja Nintendo que está custando R$ 49,00.

Um jogo de ritmo que irá surpreender

Visual, ambientação e gráficos - 9
Jogabilidade - 7
Diversão - 8
Áudio e trilha-sonora - 10

8.5

Compre se gostar de música e ótimas experiências

Por mais que Sayonara Wild Hearts seja um jogo rápido, ele consegue te envolver e surpreender com uma música de alta qualidade juntamente com fases que estão sempre inovando. Espere o inesperado!

User Rating: Be the first one !

Juntamente com nosso vídeo, deixo nossa galeria de imagens abaixo.

Leonardo Coimbra

Mestre supremo do Ultima Ficha, não manda nem em seus próprios posts. Embora digam que é geração PS2, é gamer desde o Atari e até hoje chora pedindo um Sonic clássico e decente. Descobriu em FF7 sua paixão por RPG que dura até hoje. Eventualmente é administrador e marketeiro quando o chefe puxa sua orelha com os prazos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo